quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Impressionismo - características



 
Courbet anunciara seu programa desde 1847:realismo integral, abordagem direta da realidade, independente de qualquer poética previamente constituída .Era a superação simultânea do “clássico” e do “romântico” enquanto poéticas destinadas a mediar , condicionar , e orientar a relação do artista com a realidade.Com isso Courbet não nega  a importância da história dos grandes mestres do passado , mas afirma que deles não se herda uma concepção de mundo, e sim apenas  a experiência de enfrentar a realidade e seus problemas com os meios exclusivos da pintura .

O movimento Impressionista, que rompeu definitivamente com as pontes do passado e abriu caminho para a pesquisa artística moderna, formou-se em Paris entre 1860 e 1870, apresentou-se pela primeira vez ao público em 1874,com uma exposição de artistas “independentes” no estúdio do fotógrafo Nadar. As figuras emergentes do grupo são: Monet, Renoir, Degas, Pissarro,Sisley ,Cézanne. Na primeira fase da pesquisa participou também um amigo de Monet ,J .F. Bazille ( 1841 a 1870),morto em combate na guerra franco-prussiana.

Embora considerado um precursor ,Manet não fazia parte do grupo: de fato este artista mais velho e já famoso desenvolvera a tendência realista num sentido essencialmente visual.

Um dos críticos que compreendiam a importância do movimento mas ainda com algumas reservas era Émile  Zola  amigo de Cézanne.

Existiam alguns pontos em concordância entre os membros do grupo como:

1)A aversão pela arte acadêmica dos salons oficiais ;2)A orientação realista;3)o total desinteresse pelo objeto-a preferência pela paisagem e natureza morta;4)A  recusa dos hábitos de ateliê de dispor e iluminar os modelos, de começar desenhando o contorno para depois passar ao chiaroscuro e a cor;5)O trabalho em plein-air  ,o estudo das sombras coloridas e a relação das cores complementares. Quanto a este último ponto ,há uma referência inegável à teoria óptica de Chevreul sobre os contrastes simultâneos ; a tentativa de fundar a pintura sobre as leis cientificas da visão ocorrerá apenas em 1886, com o Neo-Impressionismo de Seurat e Signac.

Nenhum comentário:

Postar um comentário